Vivo e Bradesco usam assistentes de voz com inteligência artificial para atender clientes

Vivo e Bradesco usam assistentes de voz com inteligência artificial para atender clientes

Pode parecer solidão, mas conversar com máquinas é um hábito cada vez mais comum: o Brasil é hoje o terceiro país que mais usa o Google Assistant, aposta da empresa americana para a interação entre homem e máquina. Outras gigantes do setor, como Amazon e Apple, também veem esse futuro. Elas não estão sozinhas: companhias de diversos setores, como bancos e operadoras, também tem feito incursões na área. Mas treinar uma inteligência artificial para ouvir e responder ao usuário não é tarefa simples.

Pin It on Pinterest